Irisina, atividade física e alimentação

Alvo de muitos estudos científicos, a Irisina tem se mostrando uma excelente aliada de nossa saúde e cada vez mais ela vem sendo associada a inúmeros benefícios quando estimulamos a sua produção em nosso organismo.

Descoberto em 2012, esse hormônio é secretado pelo músculo esquelético em resposta ao exercício, aumentando a termogênese e o gasto calórico diário, o que reduz o peso corporal, controla a obesidade, a gordura hepática e a síndrome metabólica (conjunto de fatores de risco que se manifestam num indivíduo e aumentam as chances de desenvolver doenças cardíacas, derrames e diabetes).

Além do mais, há evidências de que a irisina se correlaciona positivamente com a sensibilidade à ação da insulina, reduz osteoporose e quadros sarcopênicos (acúmulo de massa gorda e declínio de massa magra, resultando em um alto índice de gordura corporal e fraqueza muscular).

Indivíduos obesos têm maior risco de desenvolver a forma grave da covid-19, pois tendem a ter níveis menores de Irisina, assim como maiores quantidades da molécula receptora do vírus [ACE2] quando comparados a indivíduos não obesos.

A irisina também tem um efeito positivo contra o Alzheimer por beneficiar a atividade neurológica, ajudando a restaurar a perda da memória.

Segundo pesquisas, após 30 minutos de exercício intenso há um aumento da lipólise (utilização de gordura como fonte de energia), elevando os níveis de Irisina. Assim, ela é responsável pela metabolização da gordura e por seu uso como substrato energético após o treino regular.

A ingestão diária de ômega 3 também pode aumentar a produção de Irisina no organismo devido aos ácidos graxos poli-insaturados presentes. São fontes dessa substância: salmão, sardinha, lambari, arenque, atum, anchova, corvina, cavalinha, pescadinha, pescada branca, sementes de linhaça e de chia, azeite, nozes e amêndoas.

Reflexão de Keith Cheli Kanasawa, chef da KeroBistroEmCasa

insta: kerobistroemcasa

https://www.facebook.com/kerobistroemcasa

saude,food,comida,emagrecer,fitness,reeducaçãoalimentar,comidadeverdade,nutrição,comidasaudavel,dieta,saudável,emagrecercomsaude,comidasana,saúde,comidasaludable,perderpeso, comidafit,emagrecercomendo,nutricao,comidacaseira,emagrecersaudavel, vidasaudavel,emagrecercerto,fitnesslife,instafood,comidafit,healthyfood,vidasaudavel,comidaboa,emagrecercomsaudesempre,comerbemfazbem,comerconsciente,comidadeverdadesempre,nutrilowcarb,nutriçãofuncional,longevidade,longevidadesaudável,estarbem,estilodevidasaudável,saúdeebemestar,saudavelenatural,felizcomvoce,nutriçãofuncional,nutrientes,nutrircomamor,autocuidadoconsciente,autoestimaelevada,saúdeemocional,cuidadoindividualizado

Published by Keith Cheli Kanasawa

Gastrônoma e Relações Públicas de formação, tenho muitas paixões, entre elas corrida de rua, comida, fotografia, jardinagem, marketing digital e escrever.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: