Pare de usar as “algemas de ouro”

Por quantas vezes nos permitimos ser “escravizados” por um emprego que paga bem
mas que detestamos em nome de manter as aparências, um status e para
impressionar as pessoas ao nosso redor. Não há mal algum em trabalhar bastante,
desde que seja em uma atividade que amamos.

Algumas pessoas se apegam ao cargo em alguma empresa de renome para que se
sintam importantes e para ter boas posses materiais, mas no fundo sentem que
aquilo não faz o menor sentido para a vida delas, vivenciam um verdadeiro vazio
existencial.

Quanto mais alinhado com a sua essência menos a sua felicidade dependerá de
fatores externos. E quando trabalhamos com algo que atende ao chamado da nossa
alma a remuneração passa a ser apenas uma consequência.

O medo e os paradigmas muitas vezes nos travam quando pensamos na possibilidade
de fazer uma mudança de carreira, mas acredite que com o devido preparo e
planejamento é possível seguir o rumo de sua missão de alma.

Reflexão de Keith Cheli Kanasawa, chef da KeroBistroEmCasa

insta: kerobistroemcasa

https://www.facebook.com/kerobistroemcasa

Published by Keith Cheli Kanasawa

Gastrônoma e Relações Públicas de formação, tenho muitas paixões, entre elas corrida de rua, comida, fotografia, jardinagem, marketing digital e escrever.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: