Homofobia nunca mais!

Quando eu estava no primeiro grau (hoje chamam de fundamental) havia um menino que tinha trejeitos mais afeminados. Nós o chamávamos de Clodovil e o fazíamos sentir-se mal. Vivíamos caçoando sem nos importar se o machucávamos. Não sabemos o quanto nosso mau comportamento pode ter deixado marcas naquela criança que hoje pode ser um adultoContinue reading “Homofobia nunca mais!”

A agulha, a fila e a prioridade, atingimos a triste marca de 250 mil mortos no Brasil

Hoje, completamos um ano do primeiro caso confirmado de Covid-19 no Brasil. No meio a tantas notícias de que as vacinas acabaram, de pessoas furando filas para receber a dose e de muita discussão sobre quais seriam os grupos prioritários na vacinação, gostaria de refletir sobre como estamos nos comportando. Quando começaram as notícias daContinue reading “A agulha, a fila e a prioridade, atingimos a triste marca de 250 mil mortos no Brasil”

A Indignação, a Distância e a Ação

Geralmente eu não assisto Big Brother. E, por questão geográfica e fuso horário, mesmo se quisesse, não poderia assistir agora. Como ainda frequento redes sociais, tenho visto muitos posts de críticas e comentários sobre alguns participantes. A curiosidade bateu forte e pesquisei sobre o motivo de tanta comoção. Não defenderei ninguém nem tomarei partido, mas,Continue reading “A Indignação, a Distância e a Ação”

Empatia: Só quem sabe a dor do calo é quem calça o sapato!

As pessoas que me conhecem há muito tempo, com certeza devem reparar que mudei minha forma de pensar em muitas coisas. E muitas pessoas que não gostavam de mim na época da faculdade talvez tenham razão em não gostar de muitas coisas que eu dizia ou pensava. Não me arrependo de tudo, algumas coisas aindaContinue reading “Empatia: Só quem sabe a dor do calo é quem calça o sapato!”