Somos ligados ao Cristo

Os evangelhos dizem que sem o Cristo, sem a essência de sua grandeza, todas as obras humanas estão destinadas a perecer.

Qual é a essência do Cristo? É material? Um monumento? palpável? Não, todos temos no CO-RA-ÇÃO e com capacidade infinita de partilha, pois nunca acaba e só se multiplica: AMOR, COMPAIXÃO, CARIDADE, AÇÃO NO BEM.

Convido-os a reflexir: sempre sentimos no peito, um movimento para o trabalho no Bem do Próximo, seja com uma palavra confortadora, um ombro amigo, seja doando itens em bom estado, seja oferecendo um alimento para quem tem fome. Nosso coração nos impulsiona a isso.

Quando tomamos uma atitude, que podemos denominar CRISTÃ, nos enchemos de alegria, não é?

Mas se por acaso nos desviarmos, não dermos atenção a esses sinais que vem do coração, negamos uma solicitação de ajuda ou fingirmos não a entender. O que acontece?

O coração endurece, o mal humor paira no ar, as atitudes e palavras ficam agressivas a troco de NA-DA. Será que Cristo corroboraria com isso?

Não, Cristo não apoia isso…

Essa pobre alma estaria para sempre ‘desviada’?

Ao contrário de que muitos dizem, ela não queimaria eternamente no fogo do inferno!! Há sim, REDENÇÃO, que significa redimir, reparar, salvar.

Ou seja, se a pessoa a partir do momento que queira evoluir, se aprimorar, se aproximar novamente do caminho do Bem, pode fazer isso.

É tudo questão de vontade e dedicação.

Em caso de dúvida, frente a uma situação, pergunte-se: O que Cristo faria no meu lugar? Estejamos sempre próximos ao Cristo!

Muita Paz a Todo!

Reflexão de Karla Cheli Kanasawa

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: