Começar com o pé direito? Por que não com o esquerdo?

No ensino médio eu adorava fazer atividade física e fiz de tudo um pouco: judô, capoeira, atletismo, ginástica olímpica, ginástica artística, futebol, basquetebol, voleibol e meu favorito de todos, o handebol.  Eu amava jogar handebol, para mim era o melhor jogo de estratégia, contato físico, força e habilidades múltiplas.  Eu era uma jogadora coringa, conseguia trabalhar em todas as 7 posições, inclusive no gol. Mas, eu brilhava mesmo na posição de meia-direita, como um coringa eu me misturava com a central-armadora e trocava rapidamente com a meia-esquerda, isso quando do nada eu aparecia como pivô. Os meus arremessos para o gol eram o que eu mais gostava,  porque era muito difícil prever de onde eu surgiria arremessando com força e velocidade para o gol.

Conversando com nosso treinador de handebol, ele comentou que precisava de mais jogadoras como eu e em tom de brincadeira perguntou: 

– Você não teria uma irmã caçula? 

Curiosamente eu tenho uma irmã caçula que estudava na mesma escola, sendo assim, eu respondi que sim e vi os olhos dele brilharem como se tivesse ganhado na loteria.

Eu expliquei para minha irmã que ela iria participar dos treinos adicionais de handebol e que iria se divertir muito, porque era o melhor jogo do planeta, o que ela aceitou de muito bom grado, como sempre muito prestativa e animada.

Alguns dias depois resolvi visitar um treino e brincar com as novas jogadoras, ao encontrar o treinador a cara dele não era das melhores, perguntei o que houve e ele me respondeu:

– Parece-me que a habilidade motora que você tem não é hereditária, coloquei sua irmã na mesma posição que você, mas mostrou-se desajeitada nos passes de bola. 

Eu fiquei muito chateada com o que ele relatou e principalmente por minha irmã não estar se divertindo como eu me divertia. Eu tinha 8 anos de experiência com handebol e sabia que minha irmã, apenas observando, seria capaz de reproduzir com eficiência uma jogada.

Pedi permissão ao treinador para acompanhar o treino para entender o que não estava dando certo. Bastou dois minutos de jogo para perceber o que estava errado, algo que era óbvio a mim e a ela, mas não ao treinador, então gritei:  

– Parem o jogo! Ocorre que a minha irmã caçula faz parte de uma parcela de 700 milhões de pessoas no mundo que tem uma condição especial em seu cérebro. Sim, minha caçula é canhota! É claro que é muito mais difícil para ela jogar na posição de meia-direita, porque ela não é destra!

Quando a colocamos como meia-esquerda tudo foi resolvido e ela brilhou muito.

Ser canhoto em um mundo de destros é um convite diário para desafiar sua criatividade, engenhosidade, paciência e sobrevivência. Os canhotos se adequaram ao mundo dos destros, mas os destros não tem ideia do que é ser canhoto.  Em 1992, o dia 13 de agosto foi decretado o Dia Internacional dos Canhotos, curiosamente minha irmã caçula nasceu em abril desse mesmo ano.

Há preconceito em relação aos canhotos

A discriminação contra pessoas canhotas é denunciada na origem da palavra. Segundo alguns filólogos, a palavra em português deriva da mesma raiz que a palavra cão. Em espanhol, o termo “zurdo” teria surgido do celta “tsucca”, que significa toco de árvore ou pessoa atrapalhada. Em inglês, os canhotos são chamados de “left-handed”, sendo que “left” provém de “lyft”, que em inglês arcaico significa fraco. Em francês, “gauche” tem origem na palavra incômodo.

Algumas teorias dizem que o preconceito em relação aos canhotos pode ter começado há cerca de 350 mil anos entre os neandertais europeus. Se estivermos virados para o Norte, o Sol nasce à nossa direita e põe-se à esquerda. Assim, a direita ficou associada à mão do nascente que traz a vida e a esquerda como a do poente, que a tira. No texto bíblico Jesus senta-se à direita de Deus. No Antigo Testamento, no salmo 110 temos: “E disse Deus: – Sentai ao lado da minha mão direita até que teus inimigos deitem sob teus pés.” Por outro lado, a mão esquerda é mencionada menos vezes — e quase sempre negativamente. Esta ideia fez com que muitos canhotos fossem perseguidos na época medieval por se acreditar que eram bruxos, associados a figura do demônio. Muitas pessoas tiveram seus braços arrancados para evitar que usassem sua mão para o “mal”.

Ser canhoto pode ser vantajoso em alguns esportes. Um canhoto teria mais facilidade em vencer destros em competições de tênis, boxe, esgrima ou qualquer outro esporte que implique confronto direto. A explicação é simples: uma vez que os destros estão em maior número, estatisticamente, um canhoto está habituado a enfrentar um destro, enquanto um destro enfrenta outro destro na maioria dos confrontos.

Usar os dois hemisférios do cérebro pode ser uma vantagem. O cérebro divide-se em hemisférios direito e esquerdo e cada um controla os movimentos da parte oposta do corpo. Assim, uma vez que a maioria das pessoas é destra, o hemisfério que predomina é o esquerdo, no caso dos canhotos acontece o oposto. Investigações recentes mostram que os canhotos podem ter uma ligeira vantagem de pensamento em relação aos destros, uma vez que estes últimos utilizam apenas o hemisfério direito para processar a linguagem e muitos canhotos utilizam ambos.

Exemplos de canhotos geniais:  Albert Einstein, Alexandre O Grande, Barack Obama, Ayrton Senna, Bill Gates, Charlie Chaplin, Lionel Messi, Leonardo Da Vinci, Gandhi, Beethoven, Paul McCartney, Jimi Hendrix e Pelé entre tantos outros.

Atualmente minha irmã caçula e eu deixamos o jogo com “BOLA”, mas ela se encontrou como mãe e empreendedora, brincando com a nossa “BOLOTINHA”  Aylla e usando sua criatividade para fazer “BOLOS”.

E vocês podem conhecer, acompanhar e encomendar diretamente com ela através sua pagina: ariana.confeitaria

Os bolos são deliciosos, a Aylla os aprova!

Leituras interessantes:

https://super.abril.com.br/sociedade/estudo-identifica-41-trechos-do-genoma-ligados-a-pessoas-canhotas

https://www.publico.pt/2020/08/13/p3/noticia/cruzes-canhoto-dez-podes-nao-saber-pessoas-escrevem-mao-esquerda-1928008

https://leiturinha.com.br/blog/pessoas-canhotas

https://www.hypeness.com.br/2019/09/cientistas-descobrem-padrao-cerebral-em-canhotos-que-os-torna-superiores-a-destros

https://revistapesquisa.fapesp.br/o-triunfo-dos-canhotos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: